Câncer de pele: veja o que é, as causas e como prevenir

Mulher com sinais de câncer de pele

Você sabia que o câncer de pele é um dos mais comuns no Brasil e no mundo?

No artigo de hoje, explicaremos como começa, os principais sintomas e as recomendações dos especialistas para evitar essa doença que atinge milhares de pessoas por ano. Vamos lá?! 😉

Como começa um câncer de pele?

Câncer de pele são tumores que se originam na pele a partir de células consideradas anormais presentes nas camadas da nossa pele.

Como sempre falamos por aqui, costumamos esquecer que a pele é o maior órgão do corpo humano e, além de regular a temperatura do corpo, ela serve de proteção contra agentes externos, como luz do sol e calor, agentes infecciosos e agentes químicos.

Também por isso, o câncer de pele é o tumor mais comum no mundo, inclusive no Brasil.

O que provoca o câncer de pele?

Existem três tipos de câncer de pele: Carcinoma basocelular (CBC), Carcinoma espinocelular (CEC) e o Melanoma.

Todos são mais frequentes em pessoas com idades entre 50-60 anos, entretanto, pessoas com histórico familiar da doença, de pele e olhos claros, cabelos loiros ou ruivos, albinas, as que se expõem ao sol e têm muitas pintas também fazem parte da parcela de maior risco para desenvolver a doença.

No Brasil, o câncer de pele é muito comum (25% dos tumores malignos diagnosticados), e ocorre, principalmente, por causa do excesso de exposição ao sol.

Sinais e sintomas da doença

A lesão decorrente do câncer de pele geralmente é rósea, avermelhada ou escura, e apresenta crescimento lento, mas progressivo.

Além disso, também pode ter um aspecto de ferida que não cicatriza ou de pintas que crescem devagar, mas que coçam, sangram ou apresentam alterações de cor, consistência e tamanho.

Outras características importantes dessas lesões são a assimetria e as bordas irregulares.

De todo modo, como os cânceres de pele podem apresentar características diversas, a pessoa deve procurar um médico especializado sempre que notar uma lesão nova ou quando uma lesão antiga sofrer algum tipo de modificação.

Detecção precoce do câncer de pele

Em primeiro lugar, dentre os sintomas do câncer de pele, os principais são:

  • Manchas que coçam, que descamam ou sangram;
  • Sinais ou pintas que mudam de tamanho, forma ou cor;
  • Feridas que não cicatrizam em 4 semanas.

Além disso, é importante ressaltar que o câncer de pele ocorre principalmente nas áreas do corpo que são mais expostas ao sol, como rosto, pescoço e orelhas.

Por isso, ao perceber qualquer sintoma ou sinal, procure o profissional de saúde o quanto antes para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento.

Ademais, também recomenda-se::

  • Fazer um autoexame de pele regularmente e observar se há alguma mancha, lesão, ferida, sinal ou pinta nova ou que apresente alguma alguma alteração. Não se esqueça de examinar também a palma das mãos, os vãos entre os dedos, a sola dos pés e o couro cabeludo;
  • Evitar a exposição excessiva ao sol, principalmente entre 10 e 15 horas. Usar filtro solar com proteção adequada;
  • Evitar as queimaduras de sol;
  • Não exagerar na exposição dentro das câmaras de bronzeamento artificial, porque elas também emitem raios ultravioletas;
  • Procurar um médico dermatologista se você tiver pele muito clara, que fica vermelha facilmente quando exposta ao sol e/ou histórico de câncer de pele na família.

Por fim, ao menor indício de um dos sintomas, não deixe de procurar um especialista! E se você gostou desse conteúdo, conta pra gente nos comentários! <3

Fonte: Drauzio Varella

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.