Dia Internacional da Mulher: apoie negócios de mulheres

Dia internacional da mulher

No dia 8 de março, é comemorado o Dia Internacional da Mulher. De origem operária, a data é celebrada oficialmente desde 1975.

Entretanto, sua origem remonta do início do século 20, quando diversas mulheres protestaram pelo direito ao voto na União Soviética.

A reivindicação inflamou operárias nos Estados Unidos e Europa, que lutavam pelo direito ao voto e condições dignas de trabalho. Desde então, a luta não parou!

Mesmo assim, apesar dos inúmeros avanços, ainda nos deparamos com diversos obstáculos no ambiente do trabalho: desde situações machistas até desigualdade salarial.

Por isso, no post de hoje vamos falar sobre a importância de apoiar negócios feitos e tocados por mulheres. Vamos lá?

Como apoiar o Dia Internacional da Mulher?

Primeiramente, a gente sabe que, muitas vezes, o mundo dos negócios acaba sendo mais difícil para mulheres que empreendem.

Por isso, para fortalecer ainda mais o empreendedorismo feminino, selecionamos 4 formas de como você pode apoiar negócios de mulheres no Dia Internacional da Mulher (e nos demais também, claro!)

1. Prefira produtos ou serviços feitos por mulheres

O primeiro passo para apoiar negócios de mulheres é dar preferência na hora das compras.

Por isso, no Dia Internacional da Mulher, ao invés de comprar em grandes lojas, que tal buscar um produto ou serviço daquela pequena empreendedora que acabou de entrar no mercado?

2. Divulgue o negócio para pessoas próximas

A divulgação do negócio para pessoas próximas é muito importante, principalmente para os negócios que estão começando.

Divulgue nas redes sociais e, principalmente, no boca a boca. O importante é passar a informação adiante!

3. Engaje nas redes sociais do negócio

Atualmente, uma das principais formas de divulgação de trabalhos é através das redes sociais.

Por isso, sempre que puder, dê aquela força para aquela amiga que começou a empreender recentemente, ou compartilhe os serviços da marca que você gosta. Isso faz muita diferença para pequenas empreendedoras!

4. Incentive boas ideias e o esforço

Por último, mas não menos importante: todo reconhecimento serve de ânimo para continuar buscando melhores soluções, especialmente entre um público que ainda enfrenta dificuldades elementares na hora de empreender.

As fornecedoras da Positiv.a

Por aqui, nós valorizamos muito o trabalho de mulheres! Por isso, fazemos questão de trabalhar com fornecedoras para fomentar ainda mais a rede de mulheres à frente de negócios.

A seguir, conheça as nossas fornecedoras que fazem parte dessa linda rede e que nos ajudam a entregar o melhor produto para nosso público.

Amanda Santos: Idea Crua e Projeto Guilda

A história do empreendedorismo da Amanda começa com a maternidade e a necessidade de conseguir cuidar das suas gêmeas, Alice e Evey.

A Evey foi uma criança muito especial, que nasceu com síndrome de Dandy-Walker, hidrocefalia e HIV+.

Com a dificuldade de conciliar trabalho com as internações e rotina de cuidados, principalmente da Evey, a Amanda escolheu se dedicar aos cuidados da filha, mas ainda assim precisava de uma fonte de renda.

A Ideia Crua surgiu na quarta tentativa de empreender e deu certo pela identificação que a Amanda teve com a causa socioambiental.

Além disso, todos os produtos são feitos dentro da marca com processos semi-industriais e artesanais. A mão de obra da Ideia Crua é 100% periférica e dá prioridade para pessoas em situação de vulnerabilidade.

A Ideia Crua é responsável pelo desenvolvimento das nossas ecobags, dos saquinhos dos óleos essenciais, kit de ecopads, entre outros.

Por fim, da marca ainda nasceu um projeto lindo chamado Projeto Guilda, que oferece cursos profissionalizantes gratuitos para aumentar as chances de empregabilidade de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Dona Zizi buchas vegetais
Dona Zizi

Dona Zizi e a produção das buchas vegetais

A nossa bucha vegetal vem lá de Minas Gerais, do sítio da Dona Zizi e do Seu Adão. A plantação do casal equivale a seis campos de futebol e contém, além das buchas que são suspensas, alimentos como mandioca, batata, feijão, café e banana.

No sítio, ainda vivem vários animais soltos, como galinhas, patos e porcos – ou seja, todos eles contribuem com adubo para melhorar a fertilidade do solo.

Ah, e por lá, não entra nada de agrotóxicos, tá?

Além disso, a consciência do casal também se estende ao social: Dona Zizi construiu em seu terreno uma oficina-escola de costura das buchas para estimular a renda das mulheres na região.

Gabriela e Julyanna com a Impacta Mundi

A Gabi e a Ju fundaram a Impacta Mundi em junho de 2020 a partir do incômodo com a forma tradicional de fazer negócios.

Da união das duas, saiu a decisão de usar sua experiência corporativa para promover transformações positivas na nossa realidade.

Para além disso, a partir da Impacta Mundi , essas mulheres incríveis querem promover a evolução das relações econômicas para um modelo que gere uma sociedade sustentável e justa.

Rosângela e os algodões do sertão da Paraíba

Os panos de algodão orgânico vêm lá do sertão da Paraíba pelas mãos da Rosângela e de pequenos produtores.

Isso quer dizer que os panos passam por um processo único e artesanal, de forma ética, responsável e sustentável!

O esfregão ecológico da Nara

O nosso esfregão ecológico é feito pelas mãos da artesã incrível Nara Guichon, em Santa Catarina.

Em conjunto com moradores da região, Nara costura essa peça indispensável para a limpeza da casa a partir de redes de pesca recolhidas nas praias por intermédio de cooperativas. Incrível, né? <3

É por isso que temos muito orgulho de fazer parte dessa rede incrível de mulheres, que além de nos ajudarem a entregar o melhor produto para você, ainda são comprometidas com diversas causas socioambientais.

Vamos juntas, fazendo a diferença! <3

Um comentário em “Dia Internacional da Mulher: apoie negócios de mulheres

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.