Dia da Terra: da origem da data até a sua importância nos dias de hoje

Imagem do planeta Terra feita no Dia da Terra, pela Nasa

No dia 22 de abril de 1970, o senado estadunidense estabeleceu que naquela data seria celebrado, anualmente, o Dia da Terra.

A comemoração se deu após o derramamento de 11 milhões de litros de óleo no mar de Santa Bárbara, em 1969, após um acidente em uma plataforma de perfuração offshore.

22 de abril: Dia da Terra

Essa data é uma grande oportunidade para informar a sociedade sobre os problemas ambientais e o que podemos fazer, enquanto pessoas e coletivo, para conter as mudanças climáticas e a destruição do meio ambiente.

Inicialmente comemorado apenas nos Estados Unidos, o Dia da Terra ganhou relevância internacional somente no início dos anos 1990, quando mobilizou milhões de pessoas.

Desde então, o Dia da Terra alcançou dimensões globais e continua a ser uma data fundamental para ampliarmos a nossa compreensão acerca das questões ambientais e da importância de protegermos o planeta.

Como surgiu a data?

No dia 22 de abril de 1970, em reação ao desastre ambiental que ocorreu em Santa Bárbara, milhões de pessoas foram às ruas de diversas cidades nos Estados Unidos para protestar contra as crises ambientais da época.

Inspirado pelas manifestações contra a crise ambiental provocada pela poluição atmosférica, a poluição das águas e o derramamento de óleo, Gaylord Nelson levou ao congresso medidas para debater e solucionar problemas ambientais.

As medidas foram aprovadas e assim foram criadas a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos e leis como a Lei Nacional de Educação Ambiental.

Leia mais: Dia de Sobrecarga da Terra: nossa real demanda por recursos naturais

Importância do Dia da Terra

Foi em 1950, após uma série de desastres nos EUA, que cientistas do mundo todo começaram a dar mais atenção aos impactos que a rápida industrialização estava causando no meio ambiente.

Além disso, a preocupação com a fome em massa, o grande crescimento populacional, a poluição do ar e da água deram impulso para que o movimento ambientalista surgisse.

Essas preocupações somaram-se ao desastre ocorrido em Santa Bárbara e a criação do Dia da Terra e levaram os debates ambientais à ordem do dia.

Desde então, diversas ações e entidades passaram a articular ações em prol do planeta.

A Earth Day Network, por exemplo, uma organização que coordena o movimento, promove diversos eventos, transmissões pela internet e debates com personalidades para celebrar o Dia da Terra.

Além disso, a data se tornou um importante acontecimento educativo e informativo para a reflexão acerca dos problemas e soluções relacionadas ao meio ambiente.

Pequenas atitudes, grandes impactos

Enquanto escrevo este texto, me questiono: será que existe algo que possamos fazer, enquanto cidadãos e cidadãs, para “celebrarmos” o Dia da Terra?

A resposta é: sim! Isso porque, de acordo com o Latin American Quality, existem algumas atitudes que podemos tomar que, por mais que pareçam pequenas, geram um grande impacto. São elas:

  • Substituir as lâmpadas incandescentes por lâmpadas economizadoras de energia;
  • Desconectar os aparelhos eletrônicos ao máximo;
  • Ensinar às crianças que apreciem e cuidem da natureza;
  • Refletir sobre o impacto das ações humanas no meio ambiente;
  • Evitar o consumo de carnes, alimentos processados e considerar uma alimentação sem carne.

Por fim, não podemos deixar de fora um item fundamental: reavaliarmos nosso consumo! E se você não sabe por onde começar, como um dia também não soubemos, que tal começar a praticar o consumo consciente hoje mesmo?

Afinal, sabemos que cada passo conta! Aproveite o Dia da Terra para dar esse passo positivo e conte com a gente para iniciar essa jornada! 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.