Intoxicação por cloro: os perigos do cloro para saúde e meio ambiente

intoxicação por cloro

Você já ouviu falar na intoxicação por cloro? Infelizmente esse produto químico pode causar inúmeros malefícios à saúde.

Atualmente, a água sanitária está entre os produtos de limpeza que apresentam mais riscos à saúde, bem como ao meio ambiente. E estamos aqui para te alertar sobre seus perigos.

Abaixo você conhece mais sobre o tema e como se proteger. Leia agora!

O que causa a intoxicação por cloro?

Antes de mais nada, precisamos ter em mente que a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA) reconheceu o cloro como um pesticida.

Afinal, seu único objetivo é eliminar organismos vivos.

Isso quer dizer que, quando temos contato com o cloro, ele não matam somente as bactérias, mas também destroi células e tecidos dentro do nosso corpo.

Por isso, ele pode causar diversos malefícios, como veremos no decorrer do texto.

Quais os sintomas de intoxicação por cloro?

Os sintomas da intoxicação pelo cloro variam de acordo com a forma de contato com o químico. Confira!

Intoxicação por inalação de cloro

O gás cloro, ou seja, o gás liberado pelo hipoclorito de sódio, é tóxico e provoca diferentes reações do corpo.

No caso da inalação do cloro, os sintomas mais comuns são:

  • Irritação no nariz, olhos e boca
  • Dores de cabeça.

Como as vias aéreas do corpo fazem parte do sistema respiratório, a inalação do cloro pode gerar problemas ainda mais severos.

A irritação do pulmão e dos brônquios também pode acontecer. Isso resulta em casos de bronquite e pneumonia químicas, além de asfixia.

Alergia a água sanitária na pele

A pele é outro órgão que pode sofrer muito com o contato com o cloro, que gera problemas como:

  • Coceira
  • Lesões secas
  • Vermelhidão
  • Descamações
  • Queimaduras químicas
  • Dermatite.

Intoxicação pela ingestão de cloro

A água sanitária é extremamente nociva se ingerida.

Entre os sintomas da ingestão do cloro estão:

  • Dores abdominais
  • Sensação de queimadura nos olhos, nariz e garganta
  • Diarreia
  • Desconforto no peito
  • Tosse
  • Náuseas e vômitos.

O que fazer em caso de intoxicação por cloro?

No caso de intoxicação pela inalação do cloro, é indicado remover a pessoa acometida do ambiente e levá-la para um local arejado. Caso ela tenha sinais persistentes da intoxicação, devemos buscar auxílio médico.

Já se o cloro entrou em contato com a pele, é lavar os lugares afetados com água em abundância por ao menos 15 minutos após o contato.

O mesmo vale caso o produto entre em contato com os olhos. E se as irritações persistirem ou se agravarem, é importante se consultar com um médico. 

No caso da ingestão de água sanitária, é importante beber muita água e providenciar socorro médico imediatamente.

Mulher jovem com alergia, espirros. garota se sentindo mal com o nariz escorrendo. Saiba mais sobre a intoxicação por cloro!

Quais os perigos do Cloro?

Como vimos, os sintomas da intoxicação por cloro são variados e podem ser graves.

Mesmo tomando os cuidados necessários, como utilizar luvas, máscaras e manter o ambiente amplamente arejado, a água sanitária pode apresentar diversos riscos a quem a utiliza.

Estudos mostram que quando o cloro se mistura com substâncias orgânicas naturais, eles podem gerar cancerígenos organoclorados, chamados THMs (trihalometanos).

Eles podem ser inalados dos vapores de banheiros ou absorvidos pela pele, ou ainda ingeridos na água que bebemos.

Os THM’s são conhecidos por:

  • Prejudicar a glândula tireoide.
  • Causar tumores.
  • Afetar o sistema nervoso, fígado e rins.
  • Causar distúrbios reprodutivos.

Além disso, como vimos, o vapor de água transforma o cloro em gás clorofórmio. E esse, por sua vez, causa:

  • Ressecamento e envelhecimento da pele.
  • Ressecamento e irritação das vias áreas.
  • Coceiras no corpo.
  • Retirada de vitaminas do cabelo.

Leia também: Alergia a produtos de limpeza: O que fazer e como evitar?

Crianças x Cloro

Se o Cloro é agressivo para adultos, imagina para as crianças!

Um estudo europeu que contou com a participação de mais de 9000 crianças provou que a utilização da água sanitária ao menos uma vez por semana torna as crianças mais suscetíveis a desenvolverem doenças respiratórias, como:

  • Gripe
  • Amigdalite
  • Sinusite
  • Bronquite
  • Pneumonia.

Isso se dá pois quando as substâncias são inaladas, elas geram um desgaste nas células que revestem os pulmões. Sendo assim, deixam os pulmões mais vulneráveis à entrada de vírus e bactérias.

O uso do cloro como alvejante

Para lavar roupas brancas, muitas pessoas utilizam a forma pura do cloro. Isso é ainda mais perigoso! Pois as substâncias danosas impregnam nos tecidos.

Ao vestir as roupas contaminadas, essas substâncias são facilmente absorvidas pela pele. Pois a transpiração torna mais propensa a passagem.

Sem contar o problema das manchas nas roupas coloridas, né? Ninguém merece ter sua peça de roupa favorita desbotada pelo cloro!

Vista frontal das pernas com soluções de limpeza e luva. Saiba mais sobre como a água sanitária pode gerar intoxicação por cloro.

Um problema comum no mercado de limpeza

É muito comum que os produtos de limpeza convencionais não tenham informações claras e necessárias nos rótulos.

Isso, além de ilegal, pode ser muito perigoso.

Os produtos à base de cloro para limpeza também são comumente vendidos em embalagens inadequadas, gerando ainda mais insegurança para quem usa.

Na hora de comprar seus produtos, cheque o rótulo, investigue a marca, questione sobre a embalagem.

E, sem dúvidas, evite o uso de produtos à base de cloro, pois os pontos negativos não param por aí…

Quais os efeitos do cloro no meio ambiente?

Algumas fórmulas do cloro contidas em produtos de limpeza alvejantes possuem estabilizadores e outras substâncias prejudiciais, como o mercúrio e outros metais pesados.

Essas substâncias poluem as águas e são muito tóxicas para os organismos aquáticos.

Por ter pouca degradabilidade e caráter básico, prejudicam diretamente as espécies marinhas, comprometendo toda a cadeia ambiental.

Ou seja, ao optar pelos produtos à base de cloro para limpar sua casa, você está sujando o meio ambiente e colocando em risco o ecossistema marinho.

A solução Positiv.a: produtos de limpeza sem cloro

A linha de limpeza Positiv.a  foi pensada para solucionar todos os problemas que levantamos acima.

Para que você possa limpar sua casa com segurança e sem poluir o meio ambiente.

Todos os nossos produtos são hipoalergênicos, biodegradáveis, de base 100% vegetal, veganos e não apresentam nenhum risco ao meio ambiente.

O Multiuso Positiv.a é o substituto ideal para os produtos de limpeza convencionais. Livre de cloro. Não causa intoxicação por coloro ou irritações. Hipoalergênico e vegano.

O Multiuso Positiv.a, por exemplo, substitui até 8 produtos convencionais:

  • Desengordurante
  • Detergente para superfícies em geral
  • Limpa vidro
  • Lustra móveis
  • Limpa inox
  • Removedor
  • Saponáceo
  • Limpa piso.

Para o resultado branqueador que o cloro oferece, recomendamos o uso do Sabão de Coco em Barra ou em Pó junto à exposição ao sol. Aquele antigo e perfeito hábito do tempo das avós de quarar as roupas no varal  já dizia Alceu Valença!

Se a sujeira e a mancha forem ainda mais resistentes, não se preocupe! O nosso Tira-Manchas Multiuso em Pó com certeza vai resolver seus problemas! Com apenas dois ingredientes: Bicarbonato de Sódio e Percarbonato de Sódio, não tem nada de cloro e é pura Natureza!

E mais! Vem em embalagem Zero Plástico e não mancha as roupas!! Pode ser usado em roupas brancas e coloridas.

Vem com a gente transformar o conceito de limpeza e livre-se de vez do Cloro!

Use o cupom BLOGP5 para 5% OFF na sua primeira compra Positiv.a

 

ALERTA! CLORO X CORONAVÍRUS

A água sanitária tem sido utilizada para higienização e contenção do Coronavírus.

No entanto, a principal recomendação da Organização Mundial da Saúde é a água e sabão. Especialmente agora em que a limpeza deve ser feita com mais frequência, usar produtos que não sejam agressivos para a nossa saúde e para o meio ambiente é a melhor alternativa.

A Covid-19 é uma doença que ataca principalmente o sistema respiratório. A água sanitária, por sua vez, é extremamente prejudicial para as vias respiratórias. Ou seja, não formam uma boa combinação.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) soltou uma Nota Técnica (Nº 11/2020) alertando para o aumento da exposição tóxica por produtos de limpeza no Brasil desde o início da pandemia do Coronavírus.

Leia também: O Perigo da Intoxicação por Produtos de Limpeza!

Por isso, evite ainda mais o uso de produtos agressivos para sua saúde. A melhor alternativa para conter o Coronavírus é o uso de sabões neutros e água corrente! Vamos nos cuidar, hoje e sempre.

Na dúvida de como fazer higienização de sua casa sem o cloro, confira alternativas no post: Como Limpar o Banheiro sem Cloro!

Fontes:

Acesso em abril de 2018:

Baixe nosso E-book

Livre-se de Alergias